Fotografando a gestação do coração

Meu nome é esperança

Oi pessoal,
Quando eu era uma garotinha, já escolhia o nome dos meus filhos. Ficava horas imaginando, e alguns nomes seguiram a vida toda. Acho que com muitas mamães e papais é igual. Quando estamos habilitados sabemos que nossos filhos além de já chegarem com uma história de vida, eles também já possuem um nome. E meu Lilo chegou com um nome lindo, forte e apaixonante. Na semana em que esperei a chegada dele em casa, já falava para todos mais próximos o nome dele com a boca cheia de amor. Para quem me acompanha nas redes sociais sabe que ontem a Defensoria Publica recorreu a destituição familiar do bebe Lilo e é sobre isso que quero falar.
Estava esperançosa de que não iriam recorrer e eu teria muito em breve a certidão do meu pequeno em mãos. Quem é mãe ou pai por adoção sabe a importância deste papel. Sabe que a espera deste dia é por muitas vezes longa. Quando você tem uma gestação sai do hospital com a documentação do teu filho em mãos. No nosso caso muitas vezes não é assim.

A juíza da nossa comarca fez a destituição e no ultimo dia a DP recorreu. E você vai me perguntar porque eles recorreram, né? Pois bem, eles precisam defender a genitora, para que se um dia ela aparecer, não ter mais recursos, nem chance de “tirar” meu filho de mim. Ontem eu fiquei muito chateada. Chorei. Chorei bastante. Juntou minha semana difícil com essa notícia e chorei como menina. Mas eu sou desta forma. Choro, levanto a cabeça e sigo em frente. Cada um reage de uma forma não é mesmo?
Achei importante dividir esta experiência com vocês, pois o processo não acaba quando teu filho chega. No meu ver ele acaba quando estamos com a Certidão de Nascimento, e muitas vezes demora muito para isso acontecer. E eu escolhi passar por isso, lembram que eu comentei que escolhi no perfil que aceitaria bebê cuja documentação fosse indefinida? Pois é isso…. A destituição dele não está terminada, e temos que esperar os trâmites legais para nosso processo ter fim.
Se mudou alguma coisa para mim? Nadica de nada, inclusive já dei entrada na solicitação do passaporte do Lilo para podermos viajar por aí. Não vamos esperar uma formalidade para viver. Vamos curtir cada dia, cada passeio, cada amigo, a Dinda, o Dindo, como temos feito nestes últimos sete meses.
Em breve farei o smash the cake dele, e posto as fotos assim que possível.

Até a próxima,

Annie

Post anterior

Projeto Click do Amor - 1º ensaio > Robson & Susi

Próximo post

Sobre a construção dos vínculos e birras pós adoção

Annie Baracat

Annie Baracat

Olá! Eu sou a Annie Aline Baracat, nascida na linda capital de São Paulo, mamãe do bebe Lilo, que chegou a minha vida através da adoção.

Sou apaixonada por animais, em especial minhas #12patinhas. Meus três lhasa-apsos, Zidane, Figo e Pitanga.

Sou cidadã do mundo, mãe afetiva, vaidosa e perseverante.

Sou fotografa e faço ensaios de gestante, newborn e fotos de família. Adoro fotografar as famílias formadas pela adoção, seja no book da gestação do coração, ou eternizando as fotos em família. A fotografia é muito importante na minha vida. Através dela conheço pessoas queridas, clientes que se transformam em amigos, e consegui graças ao meu Place for Pics ter uma segunda renda, já que sou mamãe solteira.

Sou voluntária no Instituto Curumim e agora também colunista do blog Gravidez Invisível.

Beijos, Annie
https://www.facebook.com/anniebaracatfotografia

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *