Falando de adoção por aí

Falando de adoção: Participação no blog Conte Comigo, viu?

 

Segue link com a minha participação no blog “Conte Comigo, viu”, voltado para o apoio emocional à mulheres com dificuldades em engravidar (tentantes) e às grávidas.

Trecho:

“A adoção tem que ser algo natural para quem vai adotar. Tem que ser algo positivo, e não um fardo. Tem que ser um plano A, e não um plano Z!!! Algumas pessoas optam pela adoção como a última chance para ter filhos. Já tentaram de tudo e daí, em alguns casos, vêem a adoção como uma “saída”. Minha sugestão para estas pessoas: se a adoção não for uma decisão leve e feliz na sua vida, se ainda não for um plano A, espere até que seja! Permita-se viver o luto da infertilidade, se este for seu caso!!! Sou super a favor da adoção, mas é necessário que a pessoa se conscientize que um filho por adoção não é “menos” filho e não é um “step”. Ele será seu filho, cheio de sentimentos e sonhos, e  não poderá sofrer novo abandono emocional!”

Leia na íntegra aqui:

http://www.contecomigoviu.com/2016/04/relato-de-luciane-adocao.html

Beijos, Lu

template-do-photoshop_01

adocao - adoção - blog gravidez invisivel

adocao – adoção – blog gravidez invisivel

 

 

Post anterior

Suzana Alves está grávida e na fila de adoção!

Próximo post

Livro sobre adoção: Filhos da Esperança, da psicóloga Cintia Liana Reis de Silva

Luciane Moreira Cruz

Luciane Moreira Cruz

Gaúcha de nascimento, inglesa de coração. Administradora por profissão, blogueira por uma causa. Venturosamente esposa do Filipe e mãe dos príncipes Noah e Luca. Fui abençoada com uma família maravilhosa e amigos preciosos. Sonhadora ao exponencial infinito. Essencialmente uma caçadora de Deus. Acredito no bem e que ele sempre vence o mal, que menos também pode ser mais e que a felicidade pode sim virar rotina. Já fui mais organizada, a maternidade me trouxe outras prioridades, mas amo etiquetas organizacionais! Possuo muita determinação e persistência para lutar pelo amor e pela justiça. Amo os animais, especialmente meu cão e fiel escudeiro Johnny e a espoleta Amora. Por aqui, compartilho as experiências vividas durante o período de gestação do coração (gravidez invisível) e sobre o universo da formação de uma família através adoção. Tenhos muitos sonhos, um deles é pelo direito que toda criança tem de viver em família recebendo amor, carinho e respeito. Outro é contribuir para uma nova cultura da adoção no meu país. Desejo que você encontre aqui apoio e que saia daqui com novas ideias. Seja sempre bem-vindo!

3 Comentários

  1. maio 4, 2016 em 2:38 pm — Responder

    Oie. Disse tudo, exatamente isso falei no meu blog hoje… É um sonho que sempre tive, e porque ficar triste? não é ultima opção… é apenas colocar ela na frente ou em paralelo na opção de engravidar.
    O luto da infertilidade nunca tive, tive o medo de não ser mãe por um instante ter esquecido que parir não é a unica opção de ser mãe. E estou grata por isso.

    beijos! lindo site!!
    https://andie20uns.blogspot.com.br/2016/05/estou-quase-gravida.html

  2. maio 7, 2016 em 8:32 am — Responder

    Preciso de informações, alguém pode me ajudar ? Tentei entrar em contato com a colunista e não tive sucesso.. Se alguém puder me dar informações sobre barriga solidária eu ficaria muito agradecida ou que a Luciane entrasse em contato comigo.. 😘bjum

    • Profile photo of Gravidez Invisível
      maio 7, 2016 em 12:11 pm — Responder

      Querida Ana Clara, não tenho informações sobre barriga solidária, o tema do blog é adoção! Boa sorte. beijos Luciane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *