Processo de adoção

Cadastro Nacional de Adoção – CNA

cadastro_nacional_de_adocao_680x130O Cadastro Nacional de Adoção é uma ferramenta criada para auxiliar juízes das varas da infância e da juventude na condução dos procedimentos de adoção.

Lançado em 29 de abril de 2008, o CNA tem por objetivo agilizar os processos de adoção por meio do mapeamento de informações unificadas. O Cadastro possibilita ainda a implantação de políticas públicas na área.

Para entender como funciona o Cadastro, acesse o Manual do Usuário:

O processo de adoção no Brasil leva, em média, um ano. No entanto, pode durar bem mais se o perfil apresentado pelo adotante para a criança for muito diferente do disponível no cadastro.

No Cadastro Nacional de Adoção (CNA), segundo dados de outubro de 2013, das 5,4 mil crianças e jovens para adoção, 4,3 mil (80%) estão na faixa etária acima de 9 anos. No banco de crianças disponíveis para adoção do DF, crianças com menos de 12 anos são minoria. Ainda assim, só no ano passado, a Justiça do DF autorizou 167 adoções. Em 2010, foram 195. A realidade não é diferente nacionalmente.

Fonte: http://www.cnj.jus.br/programas-de-a-a-z/infancia-e-juventude/cadastro-nacional-de-adocao-cna

Post anterior

Falando de adoção: Participação no blog Mãe de Guri

Próximo post

Falando de adoção: Participação no blog Mommy´s place

Gravidez Invisível

Gravidez Invisível

2 Comentários

  1. maio 8, 2016 em 6:34 pm — Responder

    Como adotar ou ser um cuidador de uma criança ,entre 3 e 5 anos .JA QUE SOU SOLTEIRO .

    • Profile photo of Gravidez Invisível
      maio 9, 2016 em 10:16 am — Responder

      Valmir, a lei permite adoção de criança por uma pessoa solteira. O processo é o mesmo! Veja aqui na página como funciona o processo de adoção e entre os seus documentos na vara da infância da sua cidade para dar início. Deus abençoe. Beijos Lu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *