Falando de adoção por aí

Falando de adoção: Participação no portal da PlayKids – Family

Confira no link nossa participação no blog da PlayKids:

“Blog une mulheres que consideram a fila de adoção um tipo de gravidez

Para as mamães que sonham com a adoção, a internet é um ótimo lugar para achar amigas que compartilhem da mesma experiência que você. Foi por lá que surgiu o blog Gravidez Invisível, um lugar onde mulheres compartilham o que é lidar com essa espera, expectativa e amor por uma pessoa que você nem conhece. “Em 2011, quando entrei com o processo de adoção, comecei a pesquisar na internet sobre gestação emocional, gestação psicológica, gravidez do coração e não encontrei informações suficientes. Pensei que não era possível que só eu me sentisse daquele jeito”, conta Luciane Moreira, que é fundadora da página. Para quem ficou curioso com esses termos, a blogueira explica melhor. “Nosso coração cresce a cada dia, estamos cheias de amor, esperança e ansiosas pela chegada dos nossos filhos, mas como a barriga não cresce, as pessoas que convivem conosco não nos tratam como gestantes. Não esperamos que nos ofereçam um lugar físico para sentar, mas esperamos que nos ofereçam um lugar de acolhimento e aceitação”, conta, explicando a importância do blog para futuras mamães que se sentem do mesmo jeito.

No Gravidez invisível é possível encontrar tudo sobre o assunto e na fanpage com mais de 10 mil likes as mamães trocam suas experiências nesse tempo de espera. Luciane explica que essa é a parte mais legal do blog, que as mães conversem e se acolham virtualmente. “Ajudamos muitas famílias a expressarem os seus sentimentos durante esta gestação invisível e sem prazo definido”, conta.”

Leia na íntegra aqui: https://playkidsapp.com/family/2016/01/adocao-como-processo-brasil/

Beijos Lu

Post anterior

Falando sobre adoção inter-racial, interétnica e racismo

Próximo post

História de adoção: "Sempre quis adotar" - conheça a história da Josie

Gravidez Invisível

Gravidez Invisível

1 Comentário

  1. abril 23, 2017 em 7:16 am — Responder

    So depois de aprovado, seu nome sera habilitado a constar dos cadastros local e nacional de pretendentes a adocao. Apos comprovada a participacao no curso, o candidato e submetido a avaliacao psicossocial com entrevistas e visita domiciliar feitas pela equipe tecnica interprofissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *