Cristianismo e adoçãoDestaque

Adoção & Cristianismo – falta de fé ou chamado?

Foto: https://www.photospin.com/Image/82a3ca49-25ca-4330-9be2-c70dc9e3c2e9

Foto: https://www.photospin.com/Image/82a3ca49-25ca-4330-9be2-c70dc9e3c2e9

“Ainda que me abandonem pai e mãe, o Senhor me acolherá.”
Salmos 27:10

Há tempos ensaio este post mas sempre paro no rascunho pois meu intuito com este blog é trazer um novo olhar para a adoção para todos os brasileiros, independente da crença de cada um. Porém acredito que chegou o momento em que eu devo, como seguidora dos ensinamentos de Cristo, compartilhar esta mensagem justamente para aqueles que dizem proferir a mesma fé que eu.

Ainda fico surpresa com algumas pessoas, seguidoras dos princípios cristãos, que creem veemente que escolher a parentalidade por meio da adoção é sinal de falta de fé. Não quero aqui generalizar, estou falando de algumas pessoas! Me pergunto se estas pessoas de fato já leram a Bíblia, o Livro Sagrado que todo aquele que se diz cristão deveria ler e ter na cabeceira da cama, e não somente ouvir pregações do seu líder religioso e ou sair por aí julgando a vida do seu próximo. Estou cansada de ouvir pessoas com frases cheias de preconceitos e paradigmas sem fundamento e conhecimento.

Algumas pessoas são bem ousadas para dizer bobagens do tipo: – Você não tem medo de adotar? Você não conhece a genética da criança. Bom, eu conheço muito bem a minha genética e sei os riscos elevados que teríamos pela frente, qual a diferença? Meu marido e eu escolhemos formar a nossa família por meio da adoção e somos gratos a Deus por termos ouvido a Sua voz diante de tantas vozes contrárias. Nós oramos sim por milagre e eles chegaram! Adoção também é milagre! Ou você acha que passar por uma gestação não desejada, muitos dias sem cuidado, carinho, amor, meses ou anos em abrigos, casos de abuso, negligência e violência não é viver um milagre a cada dia? Precisamos rever isso já. Meus filhos são dois milagres de Deus sim!

A BÍBLIA É MUITO CLARA QUANDO FALA POSITIVAMENTE SOBRE ADOÇÃO!

1º) O próprio Jesus Cristo foi adotado por José aqui na terra. Foi um homem que revolucionou o mundo em antes e depois dele (vivemos hoje 2016 anos depois de Cristo!) Veja só, Jesus viveu com seu pai adotivo e foi um grande exemplo de amor para a humanidade! Mateus 1:18

2º) Fomos adotados por Deus por meio de Jesus Cristo: “Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade”Efésios 1:5 Ou seja, VOCÊ (que crê em Cristo) também foi adotado pelo Pai Celestial! “Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: “Aba, Pai”.
O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus. Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória.” Romanos 8:15-17

Honestamente eu penso que com os dois exemplos bíblicos acima eu já poderia encerrar o texto, mas como tem muita inverdade sendo dita por aí, me estenderei um pouco mais.

Existem pessoas que podem gerar filhos biologicamente e optam pela adoção. Estas sofrem julgamento e recebem uma enxurrada de perguntas do tipo: – Mas e você não tem vontade de ter um filho seu? (Oi, como assim, você quer dizer que o meu filho que virá por meio da adoção não será meu? Jesus não era filho de José, o carpinteiro?) E existem pessoas que optaram pela adoção por motivo da infertilidade, e neste caso, você não pode se sentir culpado ou pensar que é castigo de Deus.

Precisamos falar sobre CHAMADO.

Foto: jacozinhodosenhor.blogspot.com

Foto: jacozinhodosenhor.blogspot.com

Você já parou para refletir sobre ADOÇÃO biblicamente? ADOÇÃO é um chamado, provisão divina para aqueles pequeninos que foram desamparados! 

Segundo a UNICEF, há mais de 13 milhões de órfãos de pai e mãe no mundo! Qual será o papel do cristão diante dessa situação? Cuidar voluntariamente de crianças? Fazer doações para abrigos? Isso também pode e deve ser feito, mas NÃO pode parar aí!!! Quem assumirá o papel de pai e mãe destas crianças?

“Ainda que me abandonem pai e mãe, o Senhor me acolherá.” Salmos 27:10

Foto: https://br.pinterest.com/pin/282741682831804628/

Foto: https://br.pinterest.com/pin/282741682831804628/

Justamente nós cristãos, que temos exemplos tão fortes de adoção na nossa vida deveríamos entender o nosso papel diante de um mundo tão cruel e injusto com as crianças que foram abandonadas ou negligenciadas pelos seus genitores. “Não acredito que a adoção seja para todos, mas com certeza é para muito mais pessoas do que temos visto!” palavras do Mac Powell da Banda Third Day, uma banda americana de rock cristão, que tem cinco filhos sendo que dois foram adotados. Você pode ver o testemunho dele aqui neste vídeo.

Você ainda acredita que adoção é falta de fé ou já entende como um chamado de Deus na sua vida?

Jesus disse: “Não vos deixarei órfãos!” João 14:18

“A ti se entrega o pobre, tu és o auxílio do órfão.” Salmo 10-17-18

Leia na sua Bíblia e veja com os seus próprios olhos! Procure pela palavra ÓRFÃO  e pela palavra ADOÇÃO. Isso seria um resumo pois tem exemplos que não constam especificamente com estas palavras como o próprio caso de Jesus.

Creia que Deus tem um propósito na sua vida e da sua família. Adoção é amor. Adoção é paternidade. Adoção é maternidade. Adoção é filiação. Adoção é família. Adoção é milagre. Adoção é de Deus!

Encerro este texto com o versículo de Tiago 1:27: “A religião que Deus, o nosso Pai aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo.” 

Se quiser falar mais sobre este assunto, fico à disposição, escreva para luciane@gravidezinvisivel.com

Com amor,

Luciane Moreira Cruz

Autora do blog Gravidez Invisível que visa despertar um novo olhar para a adoção no Brasil.

Nota: Este texto não foi escrito para julgar ninguém apenas para mostrar o que tem acontecido no meio da Igreja de Cristo. Além de algumas experiências pessoais tenho recebido relatos desta natureza. Pessoas que querem adotar mas que não tem recebido o apoio de familiares e amigos pois julgam que seria sinal de falta de fé não esperar pelo milagre da gravidez. Sou cristã e acredito que ,como eu, muitos cristãos tem a visão de Deus para a adoção, mas culturalmente no Brasil temos preconceito pela falta de conhecimento sobre o real significado da adoção e também pela falta de leitura e entendimento da Bíblia.

Post anterior

MÃES POR ADOÇÃO por Gilmara Lupion Moreno

Próximo post

Para crianças: Normal É Ser Diferente - Grandes Pequeninos

Luciane Moreira Cruz

Luciane Moreira Cruz

Gaúcha de nascimento, inglesa de coração. Administradora por profissão, blogueira por uma causa. Venturosamente esposa do Filipe e mãe dos príncipes Noah e Luca. Fui abençoada com uma família maravilhosa e amigos preciosos. Sonhadora ao exponencial infinito. Essencialmente uma caçadora de Deus. Acredito no bem e que ele sempre vence o mal, que menos também pode ser mais e que a felicidade pode sim virar rotina. Já fui mais organizada, a maternidade me trouxe outras prioridades, mas amo etiquetas organizacionais! Possuo muita determinação e persistência para lutar pelo amor e pela justiça. Amo os animais, especialmente meu cão e fiel escudeiro Johnny e a espoleta Amora. Por aqui, compartilho as experiências vividas durante o período de gestação do coração (gravidez invisível) e sobre o universo da formação de uma família através adoção. Tenhos muitos sonhos, um deles é pelo direito que toda criança tem de viver em família recebendo amor, carinho e respeito. Outro é contribuir para uma nova cultura da adoção no meu país. Desejo que você encontre aqui apoio e que saia daqui com novas ideias. Seja sempre bem-vindo!

22 Comentários

  1. junho 4, 2016 em 4:15 pm — Responder

    Oi Luciane ! Tenho acompanhado seu blog há algum tempo e tenho sido muito abençoada ! Começamos o processo para adoção em novembro/2013 ( após 5 anos de tentativas de engravidar, 3 FIV, 1 FIV por ovodoação). Fomos habilitados em outubro/2015, portanto estamos há 8 meses na fila esperando por 2 crianças. Chorei muito ao ler seu post, pois falou tudo que sempre quis dizer às pessoas. Uma das coisas que mais me deixava triste em todo este processo, é ouvir que não tenho fé suficiente…mas só Deus conhece o meu coração e creio que ELe é o Senhor da minha vida e nada do que acontece foge de Suas mãos !! Não queremos adotar para fazer uma boa ação, mas porque queremos ser PAIS. Creio que neste processo, sim, seremos abençoados e também abençoaremos .
    Que Deus continue abençoando você e sua família !!!

  2. junho 4, 2016 em 4:27 pm — Responder

    Aplausos para este texto. As não posso engravidar e sou muito incentivada a esperar meu milagre para sempre. E se o milagre não vem somos tachados de medíocres e de pouca fé. Quem me deu a minha fé foi o próprio Deus. Ele repartiu uma medida de fé para cada um de nós segundo Sua vontade. Fico indignada com isso tbm…

  3. junho 4, 2016 em 11:57 pm — Responder

    Olá Luciane, me emocionei com seu texto e compartilho do seu texto…Sou voluntária de um grupo chamado endovida fundado por Viviane Picorelli ambas cristãs. E pensamos desse jeito e por isso a partir deste ano fazemos cursos em igrejas evangélicas e católicas estimulando os casais a adotarem por que esse o princípio do Cristianismo adoção de Deus aos gentios atraves de Jesus Cristo que foi adotado por Jose. Quero conversar mais com vc.

  4. junho 5, 2016 em 6:32 pm — Responder

    Oi Luciane!

    Há tempos acompanho seu blog, suas postagens, seus compartilhamentos e sou muito abençoada com eles. Este texto, em especial, é perfeito! Parabéns pelo entendimento e obrigada por expressá-lo tão bem!
    Eu e meu esposo adotamos por opção. Não temos problemas de saúde mas entendemos que Deus nos encaminhou para esta escolha e somos felizes com ela! Victor, 7 anos, está conosco há um mês e meio, e assim que finalizar o processo com ele, retornaremos à fila.
    Estou compartilhando seu texto no meu perfil do facebook.
    Obrigada por se permitir ser usada pelo nosso amoroso Pai, que nos adotou em Cristo Jesus!
    Deus a abençoe!

    • Profile photo of Gravidez Invisível
      junho 6, 2016 em 8:43 am — Responder

      Que lindo querida! Que Deus abençoe vcs e o Victor! Vitorioso, amado! Beijos com carinho, Luciane.

  5. junho 5, 2016 em 6:53 pm — Responder

    Ótimo texto! Muito abençoado!

  6. junho 18, 2016 em 5:19 pm — Responder

    Gostei muito do seu texto Luciane, meu filho tem 11 meses, e sempre rezo com ele juntamente da imagem de São José, e sempre digo a ele, olha São José meu filho, o pai adotivo de Jesus que amou muito Ele é Jesus amou muito seu pai adotivo. Que vc seja um bom homem como José foi, trabalhador, honrado, de fé. Para Deus a o Salvador viria da geração de Davi, e esses laços foram mantidos através da adoção de José. Se Deus desenhou todo caminho do menino Jesus para José, tenho certeza que Deus trilhou esses mesmos caminhos de nossos filhos até nós. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo por tanta dádiva e felicidade.

    • Profile photo of Gravidez Invisível
      junho 20, 2016 em 5:04 pm — Responder

      Amém!!

  7. junho 21, 2016 em 12:08 pm — Responder

    Olá Luciane, conheci seu blog num momento difícil em que descobri uma das causas de eu não ter engravidado até então e, como evangélica, gaucha, ex moradora de Londres, me identifiquei muito com vc, com teus textos que têm me encorajado à receber o milagre da adoção. Sigo orando para que essa gravidez passe a ser vista como “de Deus” pela minha família, irmãos em Cristo e que um dia Deus fale aos corações de cada cristão sobre esse chamado, nem que pelo menos para apoiar e não combater essa decisão. Grande abraço, Deus lhe abençoe cada vez mais, com ousadia espiritual.

  8. julho 1, 2016 em 3:25 pm — Responder

    Excelente texto!!! É o que a gente quer dizer e não consegue…
    Já compartilhei rapidamente com você o fato de optarmos pela adoção mesmo não tendo problemas para engravidar; e isso causa muita estranheza nas pessoas. Somos cristãos e assinamos embaixo de sua postagem! Fique na paz! Abraços…

  9. agosto 2, 2016 em 10:15 am — Responder

    Parabéns pelo blog! Não consigo parar de ler… Estou neste processo e como cristã penso exatamente como vc e vivencio as mesmas críticas e preconceito, também dentro da igreja. Oro ao Senhor para que Ele abra olhos e corações para a adoção no nosso pais, em nome de Jesus!
    Obrigada por compartilhar tantos detalhes comigo! É muito bom encontrarmos pessoas que pensam e vivem o mesmo mundo que o nosso!
    Deus te abençoe e continue sempre firme neste seu chamado! Vc é uma abençoadora…
    Um abraço!

    • Profile photo of Gravidez Invisível
      agosto 3, 2016 em 5:54 pm — Responder

      Que lindas palavras de encorajamento Vanessa. Muito obrigada e Deus te abençoe no seu processo. Beijos, Luciane

  10. agosto 4, 2016 em 8:21 pm — Responder

    Como essas palavras acalentam meu coração, como é bom ouvir e ver que não estamos sozinhos!!! Já ouvi muito isso no começo ficava triste, agora explico pois vejo que muitas pessoas não são esclarecidas e outros vejo que é pura maldade. Como cristã fico muito triste de ouvir de irmãos na fé, que Deus dará o milagre, que devo esperar, etc. O meu coração entende que serei mãe por adoção, Deus pode fazer um milagre de diversas formas. Agradeço pelo blog e pelo carinho pois faço essa reflexão todos os dias.Beijos

  11. agosto 24, 2016 em 3:00 pm — Responder

    Como fui tocada por seus artigos sobre adoção e cristianismo! Sou mãe de um bebê de 1 ano e 9 meses e estou grávida do segundo. Mas meu coração queima por meus filhos que ainda estão me aguardando encontrá – los!
    Sou cristã e sempre me ocorreu muitas reflexões sobre essa relação do post! Glória a Deus pela sua vida! Continue escrevendo! 😊😍

  12. agosto 26, 2016 em 7:43 am — Responder

    Oi Luciane,Parabéns pelo texto! Maravilhosamente escrito…eu sempre soube que um dia adotaria ,hoje sou casada, ainda não sou mãe, porém cada dia esse desejo tem tomado forma, peço que ore para que meu esposo desperte para isso tbm, meu sonho é que seja um desejo de nós dois, pois ele vem de uma família bem tradicional e que, apesar de cristãos, infelizmente, cultivam muitos preconceitos!

  13. setembro 10, 2016 em 4:22 pm — Responder

    Que belíssimo texto. Compartilhei em um grupo que participo, e a reação de todos foi fantástica. Obrigada pelas suas palavras, que de alguma forma me tocaram.

  14. janeiro 2, 2017 em 9:37 am — Responder

    Olá Luciane!!

    Sua mensagem é muito impactante. Deus tem falado muito comigo a respeito dessas mesmas coisas e como devemos divulgar essa palavra e acender o coração dos cristãos em relação a esse assunto! Tenho uma filha através da adoção, e esse eh um chamado que Deus me deu desde pequena! Nunca tentei ter biológicos, a adoção sempre ardeu no meu coração. Adotei minha filha com 9 anos e tem sido incrível.

    Muito obrigada por dividir conosco essas palavras. Certamente foi o Espírito Santo que te guiou para escrever isso.

  15. janeiro 2, 2017 em 5:30 pm — Responder

    Luciane obrigada por não ter deixado essa bela mensagem em rascunho, pois ela fez muito sentido para mim.

    Tenho uma filha biológica e decidi que meus próximos filhos serão adotados. Meu marido e eu acreditamos ter esse chamado para a adoção, mas ao compartilharmos essa ideia com nossa família, recebemos críticas. As reprovações vão das mãos sutis, como a expressão de espanto, até as mais diretas, como quando dizem “quem tem só um filho biológico não tem nenhum”, fazendo referência à (rara) necessidade de compatibilidade sanguínea para cura de algumas doenças. Também insinuam que se adotarmos alguém de sexo diferente da nossa filha, podemos ter um “problema” para lidar no futuro.

    São tantas bizarrices, que nos desanimam, ainda mais vindo de família cristã.

  16. junho 10, 2017 em 8:12 am — Responder

    Simplesmente adorei as dicas citadas aqui, realmente a infertilidade é um grande problema que afeta muitas mulheres e acredito que com um bom tratamento nós podemos conseguir o tão sonhado filho ou filha. Adorei seu blog.

  17. julho 4, 2017 em 11:33 pm — Responder

    Que lindo sou mãe de coração me senti muito representada por seu texto , confesso que atravez de seus textos tem me feito enchergar mais ainda a presença de Deus em nossa história , sua visão sobre chamado e adoção tem me feito pensar muito sobre isso.Parabéns que vc continue impactando outras vidas , que o Shalom do Senhor seja com vc é sua família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *